menu

12 de julho de 2018 às 13:21

Quando meia Croácia foi campeã do mundo

Prosinecki cobrou falta com absoluta perfeição no último minuto do jogo contra o Brasil, no estádio Nacional, de Santiago, no Chile. A bola no ângulo surpreendeu o jovem goleiro Ronaldo Soares Giovanelli, mais tarde ídolo do Corinthians. Também espantou 60 mil torcedores presentes à partida, válida pelas quartas-de-final da Copa do Mundo sub-20, em 1987. A Iugoslávia eliminou o Brasil com vitória por 2 x 1.

Quatro dias depois, venceu a Alemanha nos pênaltis, também em Santiago. Os alemães tinham Andreas Moller, campeão mundial três anos depois, na Itália.

A Iugoslávia jogava com o zagueiro Stimac, o volante Pavlicic, os meias Boban e Prosinecki, o lateral-esquerdo Jarni e o atacante Davor Suker. Todos croatas. Completavam a equipe o goleiro Lekovic e o zagueiro Jankovic (sérvios), o lateral Brnovic e o atacante Predrag Mijatovic, glória do Real Madrid (montenegrinos) e o meia Pavlovic (bósnio).

O técnico Mirko Jozic, nascido na Croácia, mudou-se para o Chile e conduziu o Colo Colo ao título da Libertadores de 1991.

Metade da equipe mais brilhante do futebol iugoslavo nasceu em território da Croácia. Três anos mais tarde, essa equipe ajudou a formar a Iugoslávia que chegou às quartas-de-final da Copa do Mundo, eliminada apenas nos pênaltis, pela Argentina de Diego Maradona.

No ano seguinte, o Estrela Vermelha de Belgrado ganhou a Copa dos Campeões da Europa, com uma base misturada, de montenegrinos, croatas, macedônios e até um romeno.

Stojanovic (Kosovo), Sabanadzonic (Montenegro), Najdoski (Macedônia), Belodedic (Romênia) e Marovic (Montenegro); Jugovic (Servia), Mihajlovic (Nascido na Croácia, sérvio por opção), Prosinecki (Croácia), Savicevic (Montenegro); Pancev (Macedônia) e Binic (Sérvia).

O espetacular livro ''Behind the Courtains'' (Atrás das Cortinas), escrito pelo jornalista inglês Jonathan Wilson sobre o futebol no leste europeu trata desse time e traz uma frase do goleiro Stojanovic que explica como a guerra acabou com a perspectiva: ''O problema é que nunca vamos saber onde poderíamos ter chegado.''

Tags : copa do mundo

Fonte: UOL

comentários

Estúdio Ao Vivo