menu

14 de janeiro de 2018 às 02:00

Picapes Fiat Toro e Chevrolet S10 têm preços parecidos e portes diferentes

É difícil achar motivos racionais que expliquem o aumento do interesse por picapes com cabine dupla, mas é fato que o segmento vive seus melhores dias. Até Mercedes-Benz e Renault lançaram as suas, e a Volkswagen prepara um modelo intermediário entre a Sa

EDUARDO SODRÉ
COLUNISTA DA FOLHA

É difícil achar motivos racionais que expliquem o aumento do interesse por picapes com cabine dupla, mas é fato que o segmento vive seus melhores dias. Até Mercedes-Benz e Renault lançaram as suas, e a Volkswagen prepara um modelo intermediário entre a Saveiro e a Amarok.

Duas opções de portes diferentes, mas com preços próximos, passaram pelo teste Folha-Mauá. A Chevrolet S10 foi avaliada com motor 2.5 flex e câmbio automático (a partir de R$ 111,5 mil), versão que concorre diretamente com a Fiat Toro 2.4 flex com pacote Road (R$ 109,5 mil).

Ambas são equipadas com sistema de som com tecnologia bluetooth, cobertura de lona na caçamba, ar-condicionado e direção com assistência elétrica.

Os modelos fazem sucesso entre as opções de porte médio. A Fiat teve 50,7 mil unidades emplacadas em 2017, enquanto a Chevrolet foi parar em 30,4 mil garagens Brasil afora. Entre as duas está a Toyota Hilux, com 34,4 mil unidades vendidas.

A S10 segue a fórmula tradicional, com tração traseira e chassi separado da carroceria. Até parece carro de luxo, dado o capricho nos encaixes dos plásticos da cabine. Mas basta girar a chave e ouvir o ronco encorpado do motor para sentir que se trata de bicho do mato.

A versão mais em conta da picape Chevrolet tem tração traseira, mas pode ser 4X4 como a versão LTZ da foto caso o comprador esteja disposto a pagar R$ 9.000 extras.

O ponto fraco da S10 está na posição de dirigir um tanto desconfortável: o motorista segue com as pernas um pouco recolhidas. A situação poderia ser contornada caso houvesse regulagem de profundidade na coluna de direção. Ao menos o volante é levíssimo nas manobras de estacionamento.

Quem nunca dirigiu um utilitário de maior porte terá adaptação mais fácil na Toro. Com tração dianteira e características de SUV compacto, não causa estranheza aos novatos. Para ter tração integral, é preciso investir no modelo a diesel, que custa a partir de R$ 134,4 mil na versão automática.

O desempenho não é de carro esportivo, mas a picape Fiat com motor 2.4 flex anda mais e consome menos que a rival Chevrolet, 106 quilos mais pesada.

Item mais importante de um utilitário desse tipo, a capacidade de carga é superior na S10: são 940 quilos da versão LT 4X2 ante 650 kg da concorrente Fiat com motor 2.4, que também perde no volume da caçamba.

Embora seja menos confortável ao rodar, a picape Chevrolet oferece mais comodidade no banco traseiro. Há bom espaço para pernas e cabeça, com boa inclinação do encosto. A Fiat é mais apertada, cansa os ocupantes em viagens longas.

Para quem precisa de uma caçamba grande e encara trechos fora de estrada com frequência, a S10 é a melhor opção. Parruda, suporta bem o trabalho pesado e oferece itens de conforto compatíveis com seu preço.

Porém, se o uso será prioritariamente urbano, a Toro é a escolha sensata. São 46 centímetros a menos no comprimento, associado à largura de carro compacto. A suspensão suporta a buraqueira sem fazer motorista e passageiros sofrerem.

*

MOTOR Dianteiro, flex, transversal, 2.360 cm³, 4 cilindros, 16 válvulas
POTÊNCIA 186 cv (e) 174 cv (g) a 6.250 rpm
TORQUE 24,9 kgfm (e) e 23,5 kgfm (g) a 5.000 rpm
CÂMBIO Automático,de nove marchas
CAÇAMBA 820 litros
PNEUS 215/65 R16
PESO 1.704 quilos
ACELERAÇÃO (0 a 100 km/h) 11s (e) e 11,8s (g)
RETOMADA 8,2s (e) e 8,9s (g)
CONSUMO URBANO 6,4 km/l (e) e 8,4 km/l (g)
CONSUMO RODOVIÁRIO 11 km/l (e) e 13,6 km/l (g)
PREÇO R$ 109,5 mil

MOTOR Dianteiro, flex, transversal, 2.457 cm³, 4 cilindros, 16 válvulas
POTÊNCIA 206 cv (e) e 197 cv (g) a 6.000 rpm
TORQUE 27,3 kgfm (e) e 26,3 kgfm (g) a 4.400 rpm
CÂMBIO Automático, de seis marchas
CAÇAMBA 1.061 litros
PNEUS 245/70 R16
PESO 1.810 quilos
ACELERAÇÃO (0 a 100 km/h) 11,4s (e) e 11,9s (g)
RETOMADA 8,5s (e) e 8,9s (g)
CONSUMO URBANO 5,8 km/l (e) e 7,3 km/l (g)
CONSUMO RODOVIÁRIO 9,1 km/l (e) e 12,4 km/l (g)
PREÇO R$ 111,5 mil

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo