Notícias

29 de janeiro de 2018 às 22:54

Equador acusa dissidentes das Farc de ataque a base policial

O Ministério da Defesa do Equador afirmou nesta segunda-feira (29) que dissidentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) são provavelmente responsáveis por ataque contra base da polícia equatoriana, em retaliação a ofensivas contra o narco

O Ministério da Defesa do Equador afirmou nesta segunda-feira (29) que dissidentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) são provavelmente responsáveis por ataque contra base da polícia equatoriana, em retaliação a ofensivas contra o narcotráfico.

No sábado (27), uma bomba explodiu contra uma base da polícia na cidade de San Lorenzo, na fronteira do Equador com a Colômbia, ferindo 28 pessoas.

"Esses são grupos dissidentes das Farc, dissidentes de um movimento subversivo que nossos irmãos na Colômbia têm e que nós estamos combatendo porque se dedicam ao tráfico de drogas", disse o ministro da Defesa equatoriano, Patricio Zambrano.

As Farc se desmobilizaram e assinaram um acordo de paz com o governo da Colômbia no ano passado. Mais de mil homens, porém, se recusaram a fazer parte do acordo. Segundo Zambrano, os grupos buscam "assustar a população".

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo